O Pantanal é a maior planície alagável de água doce do mundo com uma área inundável superior a 200.000 km2, comparável em superfície com países como a Grã-Bretanha.

Embora o Pantanal também se estende para dentro da Bolívia e do Paraguai, mais de 70% dele está em território brasileiro do qual 2/3 no estado de Mato Grosso do Sul.

O ecossistema do Pantanal se destaca pela sua extraordinária biodiversidade e pela facilidade na observação de toda sua vida selvagem graças à ausência de florestas densas e a consequente boa visibilidade que temos sobre o seu terreno.

O Pantanal foi declarado Património Natural Mundial e Reserva da Biosfera pela UNESCO e na divisa entre os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul o governo brasileiro criou o Parque Nacional do Pantanal. O parque é uma reserva natural protegida e o sua localidade é de grande importância para a reprodução dos stocks de peixes, que formam a base da alimentação de grande parte da fauna local. Além do Parque Nacional, o Pantanal ainda conta com diversas reservas naturais de carater privado.

Embora o Pantanal seja bem conhecido entre a maioria da população brasileira, fora do nosso país ele sempre viveu na sombra da Floresta Amazônica como destino ecoturístico. Quem no entanto visitou as duas regiões, chega facilmente à conclusão que para a observação da vida selvagem o Pantanal é verdadeiramente único!